Neuroarquitetura: A Arquitetura dos sentidos

Você já conhece a Neuroarquitetura?🤷‍♀️


Já se perguntou como o ambiente pode impactar no seu cérebro e modificar sua maneira de sentir e consequentemente de agir e tomar decisões?

A neuroarquitetura e justamente a junção da arquitetura com a neurociência, ela analisa como os ambientes influenciam nosso cérebro, e conseqüentemente nossos comportamentos, acoes e sensações. Esta ciência esta contribuindo para criar ambientes que contribuam com a função a qual se propõem, além de proporcionar experiencias e sentidos únicos para seus usuários.

Mediante a Arquitetura como sabemos, podemos transformar os espaços e melhorar nossas experiências. Muitas vezes, mudanças simples, como a cor de uma parede, ou o tipo de iluminação já podem influenciar positivamente no ambiente em questão. Por isso cada vez mais pessoas e empresas se interessam por criar este tipo de experiência através da arquitetura.

Você já pensou na influência que um espaço projetado especificamente para suas necessidades e seu dia a dia, podem ter na sua vida?


A diferença costuma ser muito significativa: melhor qualidade de vida, através de uma melhor qualidade do sono, melhoras na produtividade, no humor e na disposição, estes são somente alguns dos maiores benefícios da Neuroarquitetura.


O homem usa o espaço como forma de linguagem e o manipula num constante processo de construção de sua identidade. Construindo-o, constrói também um sistema de significados e valores dele. Além disto, o espaço construído será reinventado constantemente por seus usuários, os seus valores e significados serão alterados de acordo com inúmeros fatores de ordem psico-cultural (Duarte, 2000).



Design Biofílico e Neuroarquitetura:


A biofilia é uma técnica utilizada no campo da Neuroarquitetura que busca reconectar a