Tipos de rodapés, materiais, acabamentos e alturas.

Temos hoje em dia, uma grande variedade de modelos e materiais com os quais são fabricados os rodapés.


Sabemos que esse tipo de acabamento complementa o ambiente e torna os espaços mais bonitos, tendo também como função; proteger as paredes do atrito diário na hora da limpeza, da umidade ou movimentação de moveis no ambiente.


Ele pode ser combinado com o piso e as guarnições da porta, de maneira a criar um conjunto visual interessante.


Tipos:


Sobreposto: Opção mais comum, instalada depois de a parede e o piso estarem finalizados.


Imagem: Referans Design Blog


Invertido: Este tipo de rodapé é uma tendência bem contemporânea como vemos na imagem, ele concede um efeito estético como se a parede estivesse “flutuando”, por isso também é chamado de rodapé flutuante. Simplesmente diferenciado.


Imagem: Casa Typic



Embutido: Dá uma estética diferenciada, pois é fixado enquanto a parede está sendo finalizada, de forma que não fique nenhuma saliência na altura do rodapé.


Materiais:


Rodapé de MDF:

Este é o rodapé mais utilizado na atualidade, apresenta ótimo custo-benefício e você pode encontrar rodapés de MDF nas mais diferentes cores, tamanhos e acabamentos.


Rodapé de porcelanato ou cerâmica:

Cortado na própria obra, normalmente é feito do mesmo material do piso. Alguns modelos imitam mármores como: o carrara, por exemplo, são muito decorativos, resistentes e diversificados. Porém, possuem um custo maior.


Rodapés de mármore ou granito:

Encontrados em diferentes acabamentos, polido, escovado ou jateado. Eles são vendidos por encomenda e fabricados sob medida. Mais caros que os anteriores porém, bastante resistentes, concedem elegância e requinte ao ambiente, combinam muito bem com ambientes clássicos, porém podem ser utilizados em diferentes estilos, desde que aja equilíbrio nas escolhas: entre o piso e soleira.


Imagem: site arquiteturadeinteriores.com

Rodapés sintéticos.

Sem dúvida a versão mais econômica comparada a outros tipos, como a madeira, por exemplo. Versátil, simples e eficiente. Resiste à umidade, ao ataque de cupins e outros insetos, muitas versões atuais já são ecologicamente corretas.


Alturas:

Á altura ideal, também depende do pé direito da casa. Se for baixo, ( até 2,60) opte por rodapés de (7 ou 10 cm)de altura, eles darão a sensação de que o pé direito é mais alto. Se for mais alto, use rodapés de (15 ou 20 cm) dependendo da altura final do seu pé direito, eles proporcionarão; elegância e equilíbrio ao ambiente.


Formato do acabamento depende do estilo.


Falando de rodapés, existe um tipo especial para cada estilo: Os de acabamento retos, correspondem ao estilo moderno. Já os modelos mais rebuscados, remetem ao clássico. Na atualidade os mais altos aparecem com frequência na decoração contemporânea.


Imagem: blog santaluciamolduras.com


Você já conhecia todos esses detalhes importantes a serem considerados antes de escolher, seu modelo de rodapé?


Se é resposta foi não.


Espero ter te ajudado na escolha, que pode fazer toda a diferença no seu projeto, evidenciando ainda mais o estilo do seu ambiente através da escolha correta dos acabamentos.🙌🙌🙌


Até o próximo post!😘


#rodapes #designdeinteriores #alturadorodape #materialdorodape #acabamentodorodape #acabamentos #rodapemadeira #rodapesintetico #rodapedemarmore #rodapedeporcelanato #rodapedemdf #arqdesignonline #arquidesignonline #arquitetanataliamarucci #lovedesign #projetosdeinteriores #consultoriaonline #projetosonline

© 2023 by arquidesignonline.

Proudly created with Wix.com